2009-01-22

Maracujá (o bloqueador natural de gordura)I



A casca da fruta, transformada em farinha, diminui a taxa de açúcar no sangue e impede que o organismo absorva a gordura dos alimentos, fazendo você perder peso. E não tem contra-indicação!

por Katia Cardoso| foto Getty Images

Ela chegou no mercado com a fama de ter o poder de baixar as taxas de açúcar no sangue, o que é ótimo para quem tem diabetes. Mas, aos poucos, a farinha feita com a casca do maracujá também se revelou um excelente bloqueador de gordura. Ou seja, impede que o organismo absorva parte desse nutriente presente nos alimentos. Daí faz você perder peso. A substância responsável pelo poder emagrecedor é a pectina, encontrada em grande quantidade na parte branca da casca da fruta. A farinha não fica atrás: tem 20% dessa fibra, segundo estudo feito pelo químico e pesquisador Armando Sabaa Srur, da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). “No estômago, a pectina se transforma numa espécie de gel não digerível, provocando sensação de saciedade”, explica a médica e nutróloga Daniela Hueb. Com isso, você se sente bem alimentada com uma porção menor de comida. A pectina também reduz a velocidade com que o açúcar entra no sangue – quanto mais lento esse processo, mais a fome demora para voltar a dar sinal.

Gordura na mira

Quando chega ao intestino, a pectina bloqueia a absorção da gordura dos alimentos. A ação é bem mais suave que a do Xenical, medicamento da Roche que tem o boqueador de gordura orlistat como princípio ativo. Mas o efeito emagrecedor da farinha, assim como sua capacidade de proteger o coração, foi comprovado num estudo feito na Universidade Federal da Paraíba com 17 mulheres com colesterol alto. “Depois de 70 dias consumindo a farinha, elas não só tiveram as taxas de LDL, o colesterol ruim, reduzidas como perderam peso (algumas eliminaram 8 quilos!)”, comemora a farmacêutica Alessandra Ramos, que acompanhou o grupo por um período de um ano sem registrar reações adversas. De qualquer modo, observe como seu organismo responde ao produto.

Menos toxinas

Outra boa notícia: a fibra presente na farinha de maracujá promove uma faxina no organismo. Ela ajuda a eliminar as toxinas, que, acumuladas, prejudicam o funcionamento dos órgãos e, com isso, desequilibram o metabolismo – o que faz sua dieta emperrar. Só que para facilitar a ação desintoxicante da pectina, é importante beber mais água, no mínimo 2 litros por dia.

5 comentários:

  1. Eu adoro maracujá, mas é um facto que não compro habitualmente, comia muito quando era mais nova porque a minha mãe tinha em casa. Vou ver se encontro numa grande superfície e vou passar a comprar alguns para comer.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. tamos sempre a aprender,mas onde encontrar a farinha de maracujá?
    sera que ja existe aqui?
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Isso parece-me uma boa ideia, mas por aqui nao sei se conseguimos encontrar isso á venda.
    Mas que deve dar bons resultados deve.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Armani,
    Não gosto nada de maracujá.....mas vou tentar comer lol....
    Já estou bem, estava de birra e tive aqui uns probleminhas caseiros de insegurança idiota de homem, mas tou passando por cima
    Oh pra mim arrebitadérrima!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    sou forte pá!
    beijos de carinho

    ResponderEliminar

Bem vindos são aqueles que vierem por bem!

Para Rir

Mulher gorda é que nem Ferrari… quando sobe na balança vai de zero a cem em um segundo.