2008-06-12

Intolerâncias Alimentares IV - Intolerância à Lactose


Mais comum do que se imagina, muitas pessoas deixam de produzir, permanentemente, a enzima lactase, responsável pela digestão da lactose, um açúcar encontrado no leite. Elas fazem parte de um grupo que têm a chamada Intolerância à Lactose. Mas não pense você que, só porque se sentiu mal tomando um copo de leite, não pode mais ingerir lactose. Os sintomas são bem mais sérios como diarréia, dor e inchaço abdominal e flatulência.

O diagnóstico é feito pela observação desses sintomas, seguido de exames clínicos e, em caso positivo, de uma biópsia. A maioria dos adultos que apresenta esse problema pode consumir pequenas quantidades de lactose sem sintomas. Mantendo uma alimentação com lactose reduzida, a digestão dos demais nutrientes é normal.

A alimentação pode incluir alguns queijos envelhecidos, pois contém pouca lactose, e certos iogurtes, dependendo da marca e do processamento, pois possuem enzimas que ajudam na digestão da lactase.

É importante que a pessoa que tem intolerância à lactose sempre leia os rótulos e procure informações sobre as preparações antes de consumi-las.

Alimentos permitidos e proibidos:

Alimentos Permitidos:
Bebidas: Café, suco de frutas, leite sem lactose, leite de soja.
Pães e Cereais: pão italiano, macarrão, bolacha de água e sal, cereais (ver o rótulo).
Sobremesas: Gelatinas, sorvete de frutas sem leite, bolos sem leite.
Óleos e gorduras: Creme vegetal
Carnes: carnes em geral, lingüiças.
Diversos: Pipoca, confeitos de açúcar, molho de soja.

Alimentos Proibidos:
Bebidas: Leite comum, iogurtes, vitaminas, chocolate, cappuccino.
Pães e Cereais: bolos, biscoitos, waffers, alguns cereais matinais, massas folhadas feitas com manteiga ou margarina.
Sobremesas: sorvetes com leite, pudim, chocolate, massa de torta feita com manteiga ou margarina.
Óleos e gorduras: Manteigas e margarinas.
Carnes: empanados, carnes recheados com queijo.
Diversos: chocolates, adoçantes, balas.


Data de publicação: 01/01/2006


Roberta Stella
Nutricionista formada pela Universidade de São Paulo (USP).

2 comentários:

  1. É um problema e tanto, tenho lá em casa quem tenha e até descobrir, era só médico.
    Mas agora felizmente já está controlado e é leitinho de soja, aveia, linhaça, arroz, etc....

    Bjo

    ResponderEliminar
  2. O leite provoca todos esses distúrbios em mim, por isso não bebo!
    Iogurtes aceito bem.

    Beijocas Elisa.

    ResponderEliminar

Bem vindos são aqueles que vierem por bem!

Para Rir

Mulher gorda é que nem Ferrari… quando sobe na balança vai de zero a cem em um segundo.