2008-06-10

Intolerâncias Alimentares III - Doença Celíaca



Se toda vez que você ingere algum tipo de cereal, massas ou outros alimentos feitos de trigo, aveia, malte, centeio e cevada fica com a barriga inchada, tem diarréia, falta de apetite, vômito, dor abdominal, entre outros sintomas é melhor você marcar uma consulta médica, pois você pode ter desenvolvido a intolerância ao glúten.

A doença celíaca é caracterizada pela intolerância permanente ao glúten, que nada mais é do que a proteína presente no trigo, malte, cevada, aveia e centeio. Geralmente se manifesta na infância, mas pode surgir em qualquer idade, inclusive em adultos.

Quem possui essa doença não pode ingerir uma série de alimentos como pães, bolos, macarrão, quibes, pizza, bebidas alcoólicas (a base de malte ou cevada) e produtos industrializados que contenham glúten. O diagnóstico é feito através de uma biópsia na mucosa intestinal. Só depois de receber o resultado dessa biópsia é que se deve iniciar a alimentação sem glúten.

Como essa alimentação restrita deve prosseguir por toda a vida, algumas modificações serão necessárias nos hábitos alimentares. Como, por exemplo, a substituição de farinha de trigo por farinha de arroz, amido de milho, farinha de milho, fubá, farinha de mandioca, polvilho e fécula de batata. É preciso tomar cuidado com farinhas com textura de grão, pois são as mais difíceis de dissolver, por isso recomenda-se que elas sejam previamente dissolvidas com parte do líquido da receita. Geralmente essas farinhas necessitam de um tempo maior de preparo e uma quantidade maior de fermento.

Receita de Farinha sem Glúten:

Ingredientes:
1 Kg de farinha de arroz
330g de fécula de batata
165g de araruta

Modo de Preparo:
Misture todos os ingredientes e guarde em recipiente fechado.

Exemplo de alimentação de um celíaco:

Café da Manhã
Leite fresco
Café instantâneo
Pão sem glúten
Queijo branco
Maçã

Lanche
Iogurte com mel

Almoço
Frango grelhado
Arroz
Feijão
Salada
Suco de maracujá

Lanche
Gelatina

Jantar
Peixe assado com tomate e cebola
Batata inglesa assada
Suco de morango
Atenção: Sempre confira os ingredientes dos produtos antes de consumir.


Para maiores informações:
www.acelbra.org.br

Data de publicação: 01/01/2006

Roberta Stella
Nutricionista formada pela Universidade de São Paulo (USP).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Bem vindos são aqueles que vierem por bem!

Para Rir

Mulher gorda é que nem Ferrari… quando sobe na balança vai de zero a cem em um segundo.